Mês do Halloween começa com festas e sustos nos parques de Orlando

2029
Parque todo decorado para o Dia das Bruxas

Os americanos levam o Halloween a sério. A galera entra no clima mesmo e as festividades duram o mês de outubro inteiro. Quem visita os parques de Orlando, na Flórida, nessa época tem a oportunidade de viver experiências muito diferentes – dos assustadores seres sinistros do complexo Universal tocando o terror até os personagens fofinhos da Disney fazendo bagunça com cestinhas de doces.

Na Disney, a Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party rola no Magic Kingdom. É uma festa para famílias e criancinhas – ou seja, ninguém sai chorando de medo. A criançada comparece fantasiada, e apesar da fantasia não ser obrigatória, essa é uma das características mais fofas do evento. Os personagens desfilam no “Boo-to-You” Halloween Parade vestidos de bruxinhos e abóboras. Na clássica brincadeira “trick-or-treating” (travessuras ou gostosuras), os convidados faturam doces distribuídos pelos funcionários do parque.

Um novíssimo show, que acontece no palco em frente ao Castelo da Cinderela, promete enfeitiçar os visitantes neste ano. “Hocus Pocus Villain Spelltacular” conta com as participações das irmãs Sanderson, do filme “Abracadabra”, e diversos vilões da Disney. E, ao final da noite, uma queima de fogos especial encerra a diversão. Vale lembrar que vários brinquedos do Magic Kingdom funcionam normalmente durante a Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party. [mais no site oficial]

0903AS_0070KP-664x999

Quer morrer de medo? Siga para o Universal. O evento Horror Nights chega em sua 25ª edição com um anfitrião ameaçador: o palhaço Jack. Nove casas mal-assombradas promovem experiências imersivas aterrorizantes com qualidade cinematográfica. Em uma delas, Freddy Krueger (A Hora do Pesadelo) e Jason Voorhees (Sexta-feira 13) travam uma batalha sanguinária – com você no meio, claro. As casas “The Purge” e “The Walking Dead” também guardam ‘péssimas’ surpresas.

E tem mais: as ruas são transformadas em zonas de pânico totalmente temáticas onde atores caracterizados armam o bote e espalham o medo por todos os lados. Para completar, algumas montanhas-russas funcionam durante o evento noturno. [mais no site oficial]

?????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Em Tampa, o Busch Gardens fez parceria com o renomado cineasta Robin Cowie, autor de Bruxa de Blair, para o seu Howl-O-Scream 2015. Trata-se da criação da casa mal-assombrada Unearthed: Scarlett’s Revenge. Scarlett é uma curandeira de uma vila que utilizou magia negra para se vingar dos assassinos de seu marido. Então ela foi caçada, presa e enterrada viva nas profundezas do Busch Gardens (é de mentirinha), mas agora ela foi desenterrada para espalhar o terror pelos visitantes do parque.

Na atração Dead Fall: Thirst for Blood, plantas se entrelaçam aos humanos em busca de sangue, enquanto os visitantes tentam escapar do pesadelo que tomou conta de um jardim vitoriano e de uma estufa. Em Zombie Mortuary, os zumbis invadem o funeral de uma pequena cidade para satisfazer a sua fome de carne fresca e cérebros (que horror!).

Scarlett (1)

Além das casas mal-assombradas, os visitantes também podem se aventurar nas atrações radicais durante a noite, incluindo a maior torre de queda da América do Norte, a Falcon’s Fury, e a primeira e única montanha-russa de triplo arremesso da Flórida, a Cheetah Hunt. [mais no site oficial]

Os ingressos para as festas de Halloween dos parques são cobrados à parte, portanto não integram o ingresso clássico.

VEJA TAMBÉM: As montanhas-russas radicais do Busch Gardens