Como viajar mais barato para Orlando

13198
A Disney é o principal destino para muitos turistas

Você decidiu que a alta do dólar não vai impedir a realização do seu sonho: conhecer Orlando e Disney. Contudo, não dá para ignorar que as renovações de máximas andam nocauteando o humor até dos mais empolgados. Já é hora de refazer as contas para não precisar desfazer as malas. Confira abaixo algumas dicas que vão ajudar muito no seu planejamento financeiro.

PASSAGENS AÉREAS
Um levantamento feito pelo site de comparação de preços Mundi, com base em dados de março de 2013 a março de 2015, aponta que a antecedência ideal para a compra do bilhete aéreo mais barato varia, em média, entre dois e seis meses. O dia da semana escolhido para viajar é outro fator que inflaciona ou derruba os preços das passagens aéreas. Dentro de uma mesma semana é possível encontrar bilhetes pela metade do preço, por exemplo. Por isso, antes de programar suas férias, pesquise os melhores dias para ir e vir. Essa tarefa é bem simples, pois os próprios sites das companhias aéreas disponibilizam comparadores.

Quando as pessoas deixam de viajar, todo mudo perde, principalmente as companhias aéreas. Tendo em vista que Orlando é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros, algumas companhias já entenderam que precisam oferecer preços atrativos. Fique de olho nos sites e redes sociais de TAM, Gol, Azul e Copa, nunca se sabe quando uma promoção relâmpago pode aparecer. A newsletter do site Melhores Destinos também é uma ótima ferramenta; vale a pena assinar durante o período de compra de passagens. Quer mais um buscador para a sua lista? Anote aí: Google Flights. Basta informar origem, destino e data para obter uma listagem completa de todas as opções disponíveis. Atente para o número de escalas e tempo de voo.

O preço despenca em alguns dias da semana
O preço despenca em alguns dias da semana

INGRESSOS DOS PARQUES
Os dois grandes grupos de diversão em Orlando são Disney e Universal. Na Disney, você encontra os parques Magic Kingdom, Animal Kingdom, Hollywood Studios e Epcot. No complexo Universal, você pode se divertir nos parques Universal Studios e Islands of Adventure. Estude os parques e defina quais você deseja visitar, isso vai ajudar muito na hora de comprar os ingressos.

A grande sacada é comprar combos de ingressos com descontos progressivos: quantos mais diárias de parques você compra, mais descontos adquire – 3 dias de Disney, 2 dias de Universal, por exemplo.

Para quem tem fôlego e muita energia, outra boa escolha é adquirir um ‘upgrade’ no ingresso que dá direito a visitar mais de um parque no mesmo dia. Na Disney essa opção é chamada de “Hopper”, já no Universal esse benefício é chamado de “Park to Park”.

Ingresso do complexo Universal Orlando
Ingresso do complexo Universal Orlando

Você pode comprar os ingressos online, nos sites dos parques ou por meio de um agente de viagem. Vale lembrar que a compra online é em dólar, no cartão de crédito e não pode ser parcelada. Caso prefira o agente de viagens, certifique-se de receber o código dos ingressos Disney o quanto antes, para agendar o seu Fast Pass, o sistema fura-fila do Mickey. Seja qual for a sua escolha, vale fazer uma simulação nos sites Disney e Universal, isso dará argumentos para possíveis negociações.

ALUGUEL DE CARRO
As corridas de taxi em Orlando são muito caras. Então, se você deseja visitar vários locais na cidade, convém alugar um carro. Opte pelo modelo econômico, sempre atentando para o número de malas que ele comporta. É melhor sair do Brasil com carro e seguro fechados, isso evita pegadinhas no guichê. Confira também se o estacionamento do hotel é gratuito. Alguns cartões de crédito são conveniados com locadoras de carros, cheque o seu saldo de pontos e a possibilidade de realizar a troca.

DESTINO DISNEY
Muitas pessoas partem para Orlando tendo a Disney como destino principal, senão o único. Se a ideia é passar 80% da viagem dentro da Disney, convém se hospedar em um hotel econômico da rede e não alugar carro, pois todo o transporte dentro do complexo é gratuito. Os hóspedes Disney também podem entrar mais cedo nos parques ou sair mais tarde, dependendo da programação. Há um ônibus muito confortável gratuito que faz o trajeto aeroporto-hotel-aeroporto. Dependendo da época do ano, os hóspedes são beneficiados com um plano de refeições grátis.

A Disney é o principal destino para muitos turistas
A Disney é o principal destino para muitos turistas

COMPRAS EM ORLANDO
Com o dólar tão alto, nem os preços dos outlets empolgam mais. Contudo, vale a pena conhecer a rede Premium — você pode dar de cara com uma queima de estoque, vai saber… Porém, a sugestão para comprar roupas com preços baixos é seguir para as lojas Ross, Marshall´s, T.J.Maxx e Burlington Coat Factory. Outra boa pedida é a Dollar Tree, onde você encontra um pouco de tudo. Não deixe de passar pelos supermercados Walmart e Target – inclusive, siga para eles em primeiro lugar. E a última dica: não saia do Brasil sem os seus cupons de descontos em mãos, clique aqui para saber o caminho.

Loja Ross tem preços atrativos
Loja Ross tem preços atrativos

HOTEL OU CASA?
Para quem viaja em grupo, o aluguel de uma casa pode ser uma ótima opção de conforto e economia. A diária de uma casa com três quartos e piscina custa a partir de U$140,00. Esse valor equivale à diária de um hotel mediano, com a vantagem de acomodar mais pessoas e possibilitar a divisão da despesa com hospedagem. Algumas refeições, como o café da manhã e o jantar, também podem ser preparadas em casa, e isso reduz muito os gastos com alimentação. Aqui você lê tudo sobre aluguel de casas em Orlando.

Se o hotel for sua opção, não encare qualquer coisa para fazer economia. Escolha com critério. Vale consultar sites de avaliação de preço e qualidade [como Trivago e TripAdvisor] e ler os comentários de quem já foi. Preste atenção na localização do hotel, confira se há transporte gratuito para os parques, cheque se wifi e estacionamento são gratuitos, assim como o café da manhã.

INTERNET E LIGAÇÕES
Todas as operadoras de celular cobram altíssimas tarifas de roaming de dados quando o dispositivo móvel é usado fora do país. Além disso, há uma taxa de deslocamento. Use o wifi dos parques e do hotel para se comunicar por WhatsApp, Skype, Facebook, e-mail ou qualquer outra ferramenta de sua preferência – antes de fechar a reserva, preste atenção se o hotel oferece wifi.

Antes de sair do Brasil, ligue para a sua operadora e tenha certeza que está tudo certo com as suas configurações de roaming. Caso necessite usar o celular durante a viagem, consulte as opções de pacotes. Outra saída é comprar um chip internacional pré-pago, como na América Net Mobile. Se deixar para a última hora, diversos caixas eletrônicos em Orlando – como na Downtown Disney – vendem chips pré-pago para ligações internacionais.

PASSEIOS BARATOS OU GRATUITOS
Nem tudo que é bom custa caro. Confira aqui opções de passeios gratuitos ou econômicos em Orlando e arredores e intercale com os dias de diversão nos parques.

Lake Eola: passeio gostoso e não custa nada
Lake Eola: passeio gostoso e não custa nada

QUANDO NÃO VIAJAR PARA ORLANDO
Dependendo do período, o mesmo destino de férias pode proporcionar experiências boas ou ruins. Orlando, especialmente, é impraticável quando lota. Isso porque o excesso de gente reflete imediatamente nas filas dos parques. Com o aumento da procura, os preços explodem. Confira aqui quando não ir.

Viajar com economia dá um pouquinho de trabalho e exige planejamento, mas sempre vale a pena. Boas férias!

LEIA TAMBÉM:
Restaurantes brasileiros em Orlando
Restaurantes fast food para ninguém botar defeito